Prepare o seu Patudo para os dias os Dias De Frio!

Prepare o seu Patudo para os dias os Dias De Frio!

Com a chegada dos dias frios é importante prepararmos os nossos Patudos para que não sofram com as baixas temperaturas. Existem alguns animais que adoram andar à chuva. Mas isso não quer dizer que não devam ser protegidos do frio. No entanto deve ter em consideração que também eles adoecem e sofrem com as baixas temperaturas.


1. AS HORAS DE PASSEIO
O ideal seriam saídas curtas, e de preferência nas horas mais quentes do dia, ou seja entre as 11h e as 15h. Se não puder neste horário, considere comprar uma capa para proteger o seu animal durante os passeios, e/ou seque-o bem quando chegarem a casa.
Lembre-se de que os cachorros têm menor resistência ao frio do que os cães adultos.

2. NÃO LHES TIRE A TRELA
Sabia que é nesta época do ano que aumentam o número de cães perdidos? É que os dias mais ventosos podem confundir-lhes o faro.

3. VACINAR, VACINAR, VACINAR
No caso dos gatos, contra a coriza (também conhecida como gripe dos gatos), que é uma infeção das vias respiratórias superiores. No caso dos cães, deve vacinar contra a traqueobronquite infecciosa, conhecida como tosse do canil. Informe-se melhor sobre a vacinação essencial e protectora, com os nossos veterinários.

 

4. NADA DE PENTEADOS CURTOS
O pelo dos nossos animais ajuda-os a manterem o calor do corpo e cria barreiras à entrada do frio. Por esse motivo a tosquia no inverno não é para ser exagerada.

5. BANHOS – HÁ ALTERNATIVAS

Os banhos secos podem ser uma boa alternativa para evitar humidade e o frio nesta época. Neste tipo de higiene são usados produtos que dispensam o enxaguamento e que são aplicados diretamente na pele do seu animal. É recomendado que utilize pela primeira vez numa pequena área da pele do seu animal e espere um dia para garantir que não há alergia.
Se optar por dar banho ao seu cão ou gato em casa com o uso de água, seque-o sempre muito bem com a toalha ou secador.

7. UMA CAMA QUENTE
Ainda que algumas pessoas brinquem e afirmem que tratamos os nossos animais como bebés, a verdade é que eles precisam e agradecem todo o cuidado extra. Nos dias em que o frio é grande, preparar-lhes um local protegido das correntes de ar, seco e sem contacto com o chão frio e/ou húmido para o animal dormir é um ato de consideração e amor. Uma cama com um cobertor fofo é uma boa opção, mas lembre-se de que deve lavar esse cobertor com frequência, para eliminar pulgas ou carraças.
Para os animais que vivem no exterior, a casota pode e deve ser melhorada para minimizar os efeitos do frio. Eleve-a um pouco do chão para evitar a humidade da terra ou da chuva, e deixe lá dentro formas de o seu animal de aquecer, como por exemplo palha ou cobertores. Nos dias mais frios, convide o animal para dentro de casa.

8. UMA CAMISOLA QUENTINHA
Regra geral, os animais perdem a maior parte do calor através das orelhas, da base das patas e do aparelho respiratório. Com os animais de pelo curto, os donos podem e devem ponderar arranjar-lhes um casaco ou camisola para as saídas à rua. Estas devem cobrir o corpo desde a base da cauda até ao umbigo, com gola alta. Opte por roupas de tecidos naturais e fique atento ao estilo da peça, que deve ser confortável. O seu amigo deve ser capaz de realizar todos os movimentos com facilidade. Tome cuidado, também, com as roupinhas que costumam dar nós em raças peludas. Informe-se connosco.

9. LAREIRAS. O QUE ACHA?
Um aquecedor ou uma lareira têm a capacidade de encantar tanto humanos como animais – é difícil resistir-lhes nos dias de frio. No entanto tome atenção constante ao perigo do fogo perto deles, para evitar acidentes.

10. COM AS ORELHAS NO AR – ATENÇÃO AOS SINTOMAS!

Os animais com problemas de saúde, tais como doenças renais, a diabetes, complicações cardíacas, ou desequilíbrios hormonais podem ver comprometida a sua capacidade natural de regular o calor corporal. Cuidado extra com eles!

Share this post

Comment (1)

  • paul henri debienne Reply

    Bom dia
    Parabéns por este site sobre cães, que está nos primeiros lugares da pesquisa para estes blogs.
    Eu próprio tive um pastor alemão que era muito dinâmico mas muito sociável.
    Melhores cumprimentos
    Paul henri

    01/05/2020 at 14:16

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


Ao continuar a usar o site, você concorda com o uso de cookies. Mais informações

As configurações de cookies neste site estão definidas para "permitir cookies" para lhe proporcionar a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookie ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close